Olhais articulados o fixos?

Olhais articulados: DSR

Estes olhais de segurança são especialmente concebidos para virar as cargas.

Desta forma podem-se resolver todos os casos de levantamento quer sejam em viés ou axiais e/ou todos os trabalhos de peso.

  • O seu conceito permite serem utilizados em todas as orientações e evidentemente para as fixações laterais
  • Estes olhais devem ser aparafusados de acordo com o momento de aperto prescrito pelo fabricante
  • De preferência olhais com fraco desequilíbrio.
  • De cor vermelha, chamam a atenção para as medidas de segurança (produto a partir da classe 8).

As inscrições indicam:

  • Em caso de conformidade a referência às directivas CE
  • A classe
  • A marca do fabricante, e a referência da forja, se forem forjados
  • O Nº de lote de fabricação
  • O diâmetro
  • A Carga Máxima de Utilização CMU/WLL

No acto da entrega encontrará:

  • As instruções de utilização;
  • O certificado de conformidade
Torna-se preferível utilizar os olhais cujo eixo é inseparável do conjunto, isto para evitar substitui-lo por outro que não seja adequado.

Olhais fixos:

Os olhais tradicionais DIN 580 são previstos para as tracções lineares em relação ao sentido do eixo. É proibido utilizá-los para tracções perpendiculares ao sentido do eixo.

Porquê?

  • Podem-se desaparafusar facilmente durante a operação para se orientarem no sentido da tracção.
  • Como resultado pode dar-se uma torção ou ruptura (o risco aumenta se o olhal tiver sido já dobrado no sentido contrário, por esta razão devem-se pôr de lado os olhais dobrados).
  • Perdem no mínimo 75% da sua eficácia a partir do momento em que a tracção deixa de ser linear.

Dentro dos olhais fixos, dar-se-á preferências aos olhais:

  • Com as inscrições seguintes (segundo as normas em vigor):

    • Referência ao lote de fabricação
    • Referência da forja
    • Composição da matéria
    • Diâmetro
  • Entregues com um certificado de conformidade (detalhando a análise da matéria)